Jornalismo, Marketing e “Mundo de Lih” com Aline Martins – Brasil

“A TV sempre foi uma grande paixão”

“Se eu trabalhar com amor, as pessoas vão reconhecer. Tudo que eu faço, faço com amor”

“Muitos talentos nunca fariam sucesso se não fosse a internet”

 

Leer Entrevista en Español con Aline Martins

 

 

Faça tudo com amor é o principal valor e atitude de cada um dos nossos convidados e especialmente nosso jovem profissional que nos acompanha hoje em uma divertida entrevista.

 

Ela é uma jornalista com ampla experiência em Marketing Digital, também deixou todo o seu conhecimento sobre o seu próprio canal no Youtube “O mundo de Lih”. Ela é uma mulher muito doce, comunicativa, alegre, e isso nos dá a oportunidade de conhecê-la.

 

É uma honra apresentar a linda Aline Martins carioca do Rio de Janeiro – Brasil quem agradecemos aceitar nosso convite, mas não só sua amizade desde que nos conhecemos ela.

 

Aquí está a entrevista:

 

Lih Martins perumira 15

1.- Lih, bem-vindo ao Peru, estamos felizes em tê-lo conosco. Vamos começar com você, seus hobbies, qualquer coisa que você fica fora um sorriso ou lhe dá alegria. Conte-nos sobre a sua cidade do Rio de Janeiro bem conhecido em todo o mundo.

Olá! Estou muito grata pelo convite internacional. Juro que não esperava! Sou carioca e moro no Rio de Janeiro. Tenho 25 anos e me formei em jornalismo em 2015. Sempre fui muito comunicativa, converso com todos e sobre qualquer assunto. Creio que isso tenha me levado ao jornalismo e ao youtube. O que me deixa mais feliz é poder conhecer novas histórias e lugares. O Rio de Janeiro é um lugar multicultural. Não importa qual o seu gosto, você vai se encontrar no Rio de Janeiro. Eu amo viver aqui.

 

2.- Vocação jornalista e ligado ao mundo do marketing digital. Que experiência está dando complementar as duas atividades?

É impossível fazer marketing digital sem contar histórias e sem contato humano. Ninguém quer conversar com máquinas e receber mensagens automáticas. O jornalismo é este lado humano do marketing.

 

3.-Ferramentas digitais jornalista e especialista em marketing são praticamente os mesmos? Quais são as diferenças que destacam para divulgar informações entre um jornalista e community manager.

As redes sociais estão presentes em ambas as áreas. É possível coletar informações, dados estatísticos, criar enquetes… é possível criar inúmeras maneiras de contato entre emissores e receptores utilizando as mídias sócias.

A grande diferença é o imediatismo do jornalismo. Infelizmente, buscando a rapidez das redes sociais, alguns jornalistas acabam publicando informações equivocadas.

 

4.- Lih, você acha que a digitalização da informação em todo o mundo acabará por desaparecer jornais impressos? Como jornalista, você acha que o papel ainda pode viver com ela virtual?

Não acredito que o jornal impresso acabe. O disco de vinil não acabou. Creio que esse seja o futuro do jornalismo impresso.

 

5.- Quais são os cuidados que deve ter uma mídia digital antes de divulgar as informações? Muitas vezes, por querer dar a colher os erros são feitos e informação não é verificada.

Se possível, ir ao local investigar pessoalmente. Se não for possível, tentar contato com o maior número de pessoas que presenciou o ocorrido. Viu uma postagem no Twitter? Entre em contato com quem postou. Extraia outras informações. Jornalismo é investigação.

 

6.- Quanto jornalismo tem evoluído ao longo dos últimos 10 anos? Que qualidades e habilidades exigidas por aqueles decidir ser jornalistas?

Há 10 anos atrás eu estava no colégio. (risos) Eu ainda não atuava na área, mas creio que o novo jornalista é multifacetado. Nós temos que saber escrever, editar no photoshop, fotografar, postar nas redes sociais… Nada complicado para quem já vive no mundo digital.

 

7.- Lih, marketing permite atender empresários de todos os setores. ¿Você afirma que ter presença online é vital para começar a vender?

A marca precisa estar onde o público está. Quem não está online? É imprescindível ter uma boa atuação online.

 

8.- Quais são as falhas mais comuns de os empresários que contratam uma empresa de serviços de marketing? Lih Martins perumira (3)

A falha mais comum é achar que qualquer um pode gerenciar ferramentas de marketing digital.

 

9.- Lih, uma de suas grandes paixões é Youtube, onde você tem um canal e compartilhar o que você aprende como jornalista, e onde podemos encontrar a pessoa sempre com grande alegria. Como é que você se atreve a complementar a sua vocação como um comunicador através de um canal virtual? O que você acha da grande aceitação que você recebe todos os dias?

Eu entrei no jornalismo para trabalhar com audiovisual. A TV sempre foi uma grande paixão. Se antes um jornalista precisava de uma emissora de televisão para mostrar seu trabalho, hoje não é preciso. O YouTube supriu um desejo que antes era muito restrito.

 

10.- Como você gosta de interagir com seus seguidores? Qual é a sua rede social favorita?

A minha rede social preferida é o Twitter, mas as pessoas não gostam muito dele. (risos) Eu tenho mais contato com os seguidores pelo Facebook.

 

11.- O que é a marca (sello personal) de Lih Martins como Youtuber, como um comunicador e como um ser humano?

A youtuber, a jornalista e a humana fazem parte de um pacote só. Se eu trabalhar com amor, as pessoas vão reconhecer. Tudo que eu faço, faço com amor. Parece clichê, mas é a única maneira de fazer um bom trabalho.

 

12.- Você acha que há abuso no uso de redes sociais, mesmo por profissionais e jornalistas? O que deve ser considerado ilega ou mais não deve ser permitido na rede?

Não vejo problema de usar as redes como um primeiro contato com as fontes. Deixando claro: PRIMEIRO CONTATO!

 

13.- O que você acha que as redes sociais como Facebook e Twitter, também Google, começam a atacar comportamentos abusivos e sites de notícias com notícias falsas (fakes)?

A grande questão é a rapidez. O rápido nunca é completo. De um lado as emissoras acreditam em postagens e replicam, do outro as pessoas não perdem 5 segundos para abrir o site e ver se aquela informação é verdadeira ou fake. Ambos os lados estão errados.

 

14.- Redes Sociais como Instagram e Snapchat estão crescendo dia a jovens. A que você atribui esse sucesso?

É a rapidez de informação mais uma vez! O Snap é efêmero e o history do Stagram também.

 

15.- Qual é a sua opinião de que cada vez que milhares de jovens têm no Youtube uma forma de mostrar o seu talento?

Sim, isso é importante. Muitos talentos nunca fariam sucesso se não fosse a internet.

 

16.- Lih, você concorda com a afirmação de que uma das missões do jornalista é ajudar a eliminar a pobreza no mundo?

Indiretamente. Quando o jornalismo publica contra a corrupção, por exemplo, ajuda a mudar um cenário político.

 

Lih Martins perumira (6)17.- Como você vê a posição das mulheres no mundo que todos os dias têm altos cargos em empresas e governos em todo o mundo?

Eu vejo de forma comum, mesmo sabendo que não é. Minha mãe sempre foi a chefe da casa, então cresci achando isso natural.

 

18.- Eles encurtaram lacunas de trabalho (do sexo masculino contra o feminino) e reconhecimento das mulheres no Brasil?

A mulher ainda ganha menos que o homem, no Brasil. Mas creio que a forma de trabalhar da mulher está sendo muito mais valorizada. Somos detalhistas, perfeccionistas e fazemos tudo com muito mais amor. ?

 

19.- O que você e porque você se sente grato a cada dia motiva?

Mesmo quando estou triste, sou grata. A vida não é feita de felicidade plena, eu sei perfeitamente isso. Mas eu tenho muita fé e isso me sustenta.

 

20.- Você tem uma frase própria ou você praticar todos os dias?

“Calma! É aos poucos que a vida vai dando certo.” Não conheço o autor.  Tenho meditado na Bíblia quase todos os dias. Ainda né pouco, quero que a leitura bíblica faça parte da minha vida diariamente.

 

21.- Quem você admira?

Minha mãe. Somos de gerações diferentes, temos personalidades muito diferentes, mas a fé e a vontade de vencer nos une. Amo muito a minha mãe e ela é a minha maior inspiração.

 

22.- Lih Que lugares você iria se você for convidado para Peru? O que pode visitar no Rio de Janeiro?

Eu exploraria Cusco. Sempre gostei de história e Cusco é repleta de curiosidades. Daria um belo vlog, não acha? No Rio de Janeiro eu indico Arraial do Cabo, é uma cidade na Região dos Lagos, um pouco afastada do centro. É o Caribe Brasileiro. Vale uma visita.

 

23.- O que você diria aos jovens que são muito talentosos e não se atrevem a dar o próximo passo?

Comece! Vá mesmo que você esteja sozinho. Você é o único representante dos seus sonhos na face da Terra. Comece!

 

24.- O que você diria aos pais que não suportam o talento e vocação de seus filhos?

Isso é tão triste. Eu pediria mais amor. Quando a gente ama, a gente ajuda, mesmo achando que aquilo pode não dar certo. É impossível saber se não tentar.

 

25.- Finalmente, uma saudação a seus seguidores no Brasil, Peru e todo o continente

Espero que vocês tenham gostado da entrevista tanto quanto eu! Tenho amigos do México, Colômbia e, agora, tenho certeza que fiz amigos no Peru. GRACIAS!

 

 

 

** Obrigado, muito obrigado Lih, por ser parte de nós. Sem dúvida temos que cada meta e cada objetivo que você propõe que reunirá todos os dias.
 

 

 

 

Podemos encontrar, ver e conversar com Lih Martins em:

youtube_logo_stacked-vfl225ZTx

Canal Mundo de Lih

Facebook-Entrevistas

Mundo de Lih

Instagram-Entrevistas

@mundodelih

Twitter-Entrevistas

Aline Martins

Google Plus-Entrevistas

Canal Mundo de Lih

 

 

 

Lih Martins perumira 08

Lih Martins perumira 09

Lih Martins perumira 11