Flaviane VR – Tecnologia da Informação & Social Media – Brasil

Sonhar pequeno e grande dá o mesmo trabalho.

Sabendo usar de maneira correta, a internet é uma grande arma para vendas.

Se você tem um talento e está receoso, passe por cima do medo e invista no youtube.

Um bom guerreiro pode até recuar, mas nunca desiste de vencer uma batalha.

 

—————————————————-

Entrevista de Flaviane em Espanhol – Aquí

—————————————————-

Sendo um guerreiro e apaixonados pelo que fazemos e gostamos, é uma demonstração da nossa vocação, o nosso profissionalismo.

Hoje nós visitamos uma mulher com sede de conhecimento e incansável. Ela é a criadora do blog “Memórias de uma Guerreira”  onde fornece o conteúdo de alta qualidade no mundo digital, blogging e muito mais

É uma honra apresentar de Três Pontas – Minas Gerais – Brasil a Flaviane VR ,especialista em Tecnologia da Informação, Professora de Informática  e amante das redes sociais e marketing . Flavi diz-nos que tem seu lado geek/nerd/gamer .

Vamos conhecer um grande profissional.

 

Flavi Brasil

  1. Flavi, bem vinda ao Peru, estamos muito felizes em ter você aqui conosco. Vamos começar por você, seus hobbies e tudo aquilo que te faça sorrir e te dê alegria. Comente da sua cidade e da sua história.

R: Sou uma garota “nerd”, gosto de ficar em casa lendo, ouvindo música (rock), jogado videogames, jogando rpg, vendo filmes com a família e brincando com meus cachorros. Apesar de simples, é isso que eu chamo de felicidade, é isso que me arranca sorrisos. Sou do interior do estado de Minas Gerais, uma cidade bem pequena, muito simples, mas de grande impacto cultural. Minha cidade é conhecida como terra do café, terra do beato Padre Vitor e de grandes artistas musicais. Para mim, o cenário mais lindo, é a vista da serra. Minha cidade tem o nome de Três Pontas, justamente pela serra que possui este formato.

 

 

  1. Sua paixão são as tecnologias da informação, profissional graduada na Universidade Paulista (UNIP), amante das redes sociais e marketing. Como complementa sua profissão com os meios digitais, a publicidade online e o que tem aprendido até agora?

R: Trabalho na área de informática há quase 10 anos. Com esta faculdade e cursos paralelos, acabei adquirindo conhecimento tanto para meu trabalho de TI quanto para o blog. A área da informática apesar de ser gigantesca, muita coisa se complementa. Leio artigos, vejo muitas dicas no youtube, sou sedenta por conhecimento. Todas as coisas que tenho aprendidotenho aplicado no meu blog e também uso ele para compartilhar este conhecimento com outros blogueiros e blogueiras.

 

 

  1. Como decidiu fazer do marketing e social media parte de você? Você tem um site muito bem estruturado, onde ensina sobre esse assuntos, o Memórias de uma Guerreira. Como é que você se organiza nos temas a publicar e ensinar sobre ferramentas digitais?

R: Fico agradecida pelo elogio! Eu decidi aprimorar meus conhecimentos, quando deixei de ver meu blog apenas como um hobbie, e comecei a ver ele com olhos profissionais. Não sigo uma regra, eu posto tudo o que tenho vontade, apesar de tentar fazer do blog um trabalho paralelo, ele ainda é meu refúgio, onde guardo minhas memórias. Acabo intercalando o conteúdo pessoal e as dicas para blogueiros e blogueiras. Especificamente neste mês de Abril, iniciei o BEDA (Blog EverydayApril/August), onde consiste em postar todos os dias do mês que se iniciam com a letra A. Resolvi neste mês de Abril juntar o máximo de informações possíveis para ajudar a todos blogueiros e blogueiras que estão começando agora, ou até mesmo aos blogueiros veteranos que ainda possuem dúvida sobre algum assunto da blogosfera. Então se você é blogueiro ou blogueira, acessa o meu blog que vai ter muito conteúdo interessante pra você aprender lá!

 

 

  1. O mundo geek e os games também são uma peça valiosa no seu conteúdo. Queremos saber mais sobre o seu maravilhoso blog Memórias de uma Guerreira.

R: Meu blog já passou por diversas mudanças em 3 anos de existência. Inicialmente ele era focado apenas em mitologia nórdica, mas isso não atraia muito público pois era muito limitado. Com o tempo senti a necessidade de ir adaptando com outras coisas que eu gostasse. E os jogos sempre fizeram parte da minha vida! Foi assim que decidi começar a postar sobre todas as coisas que gosto lá, que incluem o meu lado nerd/geek/gamer.

 

 

  1. Como todo profissional completo, você também conta com um canal no youtube “Flavi – Memórias de uma Guerreira”, com variedade de conteúdo com a sua juventude. Como é a experiência de comunicadora através do youtube? Como foi a primeira vez que você gravou e editou seu primeiro vídeo? O que aprendeu sobre o funcionamento e estratégias dentro dessa plataforma gigantesca?

R: Acho interessante, divertido e ao mesmo tempo desafiador. Muitos de meus leitores pediam para eu criar o canal, e até então nunca tinha coragem de colocar isso em prática. Por isto meu canal é recente em relação ao blog. Meu primeiro vídeo me deixou muito nervosa, meio travada, mas aos poucos a gente se sente a vontade conforme vai gravando outros vídeos. Uma boa estratégia é não deixar seu público entediado, fazer coisas que prendam sua atenção e que ele se interesse em ver seu vídeo até o final.

 

 

  1. Flavi, qual você crê que seja a principal qualidade de um blogueiro e de um youtuber? Você crê que todos podemos ser blogueiros e todos podemos ter um canal no youtube?

R: Acredito que a principal qualidade de um blogueiro ou youtuber é ser persistente. Batalhar sempre por mais que a luta esteja difícil, recuar se for necessário, mas nunca desistir. O mundo dos influenciadores digitais está aberto a todo mundo, para todo tipo de assunto. Então acredito que sim, todos podem ser blogueiros e/ou youtubers.

 

 

  1. Flavi, o marketing repercute em todo tipo de empresas, qual é a importância da internet para começar a vender?

R: Hoje em dia a internet tem um valor fundamental para a divulgação de uma empresa. Uma empresa que não esteja na internet nos dias de hoje está defasada (atrasada). A internet ajuda na compra, venda, marketing, comunicação e interação. Sabendo usar de maneira correta, a internet é uma grande arma para vendas.

 

 

 

  1. Como você gosta de interagir com seus seguidores? Qual é sua rede social favorita?

R: Sempre respondo todos comentários que deixam pra mim no blog, esta é uma das maneiras que consigo interagir sempre com eles. A minha rede social preferida é o Facebook, pois grande parte do meu público vem de lá! Recentemente criei um perfil especificamente para poder interagir com meu público, e a experiência está sendo incrível, tenho os melhores seguidores deste mundo!! A energia que recebo deles é fantástica!!

 

Flaviane Vilela Reis - entrevista perumira

  1. Qual é a marca (selo pessoal, estilo) da Flavi como uma youtuber, blogueira, como comunicadora e como ser humano?

R: A Flavi Youtuber ainda é uma principiante, está aprendendo agora, onde às vezes erra e às vezes acerta, mas independente disso não desiste. A Flavi blogueira é uma pessoa experiente, madura, decidida, esforçada e atenciosa com seus leitores. A Flavi comunicadora é alguém normal, assim como você! E a Flavi como ser humano, é uma pessoa batalhadora, sincera até por demais, com um humor sarcástico, de personalidade forte,que se faz de durona mas tem um coração sensível, estudiosa, que gosta de observar antes de ter alguma atitude, é bem racional, prefere um passo de cada vez, e que se interessa pela inteligência e bom humor.

 

 

  1. Você pensa que existe abuso no uso das redes sociais pelos profissionais e pelos usuários? O que você acha que deve ser considerado ilegal ou que não deve ser permitido na rede?

Infelizmente existe muito abuso, ódio gratuito e violência explicita nas redes sociais. Falta muita empatia no ser humano, a internet nem sempre é o problema, mas sim seus usuários. Como a rede mundial de computadores é gigantesca, fica complicado que órgãos de segurança das informações consigam filtrar todo tipo de conteúdo ilegal que vemos por ai. Felizmente algumas redes sociais existem a opção “denunciar” para ajudar a barrar informações ilegais, violência explicita, entre os mais diversos crimes virtuais como calúnia, difamação, divulgação de material não permitido, apologia ao crime, preconceito, pedofilia…

 

 

  1. Qual a sua opinião sobre redes sociais como Facebook, Twitter e Google começarem a combater os comportamentos abusivos e sites de notícias com notícias falsas (fakes)?

Acho super válida a ideia de tentar impor respeito mútuo entre seus usuários. Todo conteúdo indevido deve sim ser denunciado. Alguns sites infelizmente se alimentam apenas por notícias falsas atrás de cliques e visualizações. O interessante é sempre averiguar se a mesma informação está sendo dita em outros sites que você tenha certeza de que são confiáveis.

 

 

  1. As redes sociais como Instagram e Snapchat crescem dia a dia, redes sociais jovens. A que atribui esse êxito?

R: Grande parte da população interage mais pelos meios virtuais do que pessoalmente. Até eu faço isso, visto que apesar de não ser tímida, sou uma pessoa introspectiva, gosto mais de ler e de ouvir. E as redes sociais me ajudam muito a interagir com isto! O Snapchat não tem mais o mesmo sucesso de antes, comparado agora ao uso do instastories e estes novos recursos também implantados no whatsapp e facebook. São algumas maneiras de trazer para perto, quem está longe.

 

 

  1. Qual é a sua opinião sobre cada vez mais, milhares de jovens terem no Youtube uma forma de mostrarem seu talento?

R: Acredito que esta ferramenta seja a maneira mais fácil e mais fantástica para isso. O youtube dá oportunidade a todos, não é algo limitado como uma apresentação em um canal de TV. Se você tem um talento e está receoso, passe por cima do medo e invista no youtube. Mas não adianta simplesmente gravar e não divulgar. A divulgação é a arma do sucesso!

 

 

  1. Como você vê a situação da mulher no mundo, onde cada vez mais ocupam cargos mais altos em empresas e governos em todo o mundo?

R: Acho incrível! Depois de anos, as mulheres finalmente estão podendo alcançar grandes cargos, graças aos seus esforços!

 

 

 

  1. As diferenças sociais e econômicas (no mercado de trabalho) entre homens e mulheres no Brasil diminuíram? Você sente que vocês, mulheres, são mais reconhecidas? O que falta?

R: Muitas mulheres ainda lutam por seu lugar de merecimento. Ainda existe sim diferença social e econômica em relação aos gêneros aqui no Brasil, isto é uma luta constante que pouco a pouco, em passos lentos está obtendo algum êxito.  Não sei dizer se estamos sendo mais reconhecidas, mas eu particularmente nunca deixo que me menosprezem por eu ser mulher, mesmo trabalhando na área de TI que é considerado ainda um trabalho mais voltado ao gênero masculino. Não podemos abaixar a cabeça, devemos lutar sempre e mostrar o nosso valor!

 

 

Flaviane Vilela Reis blogueira

  1. O que te motiva e pelo que se sente grata todos os dias?

Não sei exatamente o que me motiva, mas sinto que tem uma chama dentro de mim que nunca me deixa desistir, é essa chama que me mantem querendo acordar todos os dias para realizar meus sonhos.Sou grata pela vida que tenho, por todas coisas que tenho conseguido no meu particular e em relação ao blog, sou grata pelos poucos amigos que tenho, mas que são fundamentais em minha vida, sou grata pela minha família que não é perfeita (afinal perfeição não existe), mas é a melhor que eu poderia ter! ♥

 

 

  1. Você tem uma frase ou lema que pratique todos os dias?

Tenho algumas… “Um bom guerreiro pode até recuar, mas nunca desiste de vencer uma batalha”, “Sejamos guerreiros de nossa própria história”, “Vai com medo, mas vai!”, entre outras…

 

 

  1. A quem você admira?

R: Admiro meus pais que sempre batalharam muito para me dar uma vida adequada, que nunca me deixaram esquecer de meus princípios, que me deram muitos ensinamentos,e juntamente com minha irmã que sempre estiveram do meu lado quando precisei.

 

 

 

  1. Que lugares você gostaria de conhecer no Peru?

R: Com certeza gostaria de conhecer o Vale sagrado dos Incas e Machu Picchu!

 

 

  1. O que diria aos jovens que são muito talentosos, porém que não têm coragem de dar o próximo passo?

R: Diria que ninguém vai fazer algo por você se você não der o primeiro passo. Nada vai mudar em sua vida se não for exclusivamente por você! Vou dizer uma frase que aprendi num curso que tive… “Sonhar pequeno e grande dá o mesmo trabalho”. Então, arrisque, siga em frente, vai com medo, mas vai!

 

 

  1. O que diria aos pais que não apoiam o talento e vocação de seus filhos?

R: Este é um assunto complicado, meus pais nunca me impediram de nenhum ramo que eu quisesse seguir na vida. Independente de qualquer coisa deve haver comunicação entre os membros da família, se rebelar nem sempre é uma boa estratégia, mas conversar de forma amigável e mostrar os lados positivos que isso pode trazer para a sua vida.

 

 

  1. Por último, uma saudação aos seus seguidores no Brasil, no Peru e no continente inteiro.

R: Sou eternamente grata a todos vocês que de alguma maneira me acompanham, me dão forças, incentivos, e que gostam de mim e do meu trabalho. Eu gostaria de poder retribuir todo carinho que recebo, mas ainda não consegui uma forma de recompensar tudo isso!

Aos meus seguidores internacionais, vocês não imaginam a alegria que sinto em saber que tudo que compartilho de alguma maneira pode chegar tão longe! Agora mais do que nunca me sinto na obrigação de fazer um trabalho bem feito, e de ser uma inspiração a todos que sonham com o “impossível”, mas que tem medo das incertezas do futuro. Acredite em você, acredite no seu potencial, corra atrás dos seus sonhos, realize, faça! Seja um guerreiro ou guerreira de sua própria história. Levante e batalhe todos os dias até conseguir o sucesso!

Memórias de uma Guerreira blog

Acompanhem minhas redes sociais.

Facebook-Entrevistas

Memorias de uma Guerreira

Twitter-Entrevistas

Flavi – Guerreira

Instagram-Entrevistas

Memorias de uma Guerreira

Pinterest-Entrevistas

Memorias de uma Guerreira

Flavi VR

2 Comments

  1. Nana Araujo 01/05/2017
  2. Rafaela Ivo 01/05/2017

Leave a Reply

No robot *